11/09/2015

Filme: Mad Max: A Estrada da Fúria

Título: Mad Max: Estrada da Fúria
Ano: 2015
Gênero: Ação, Ficção Científica
Direção: George Miller
Elenco: Tom Hardy, Charlize Theron, Nicholas Hoult, Hugh Keays-Byrne, Rosie Huntington-Whiteley, etc.
Sinopse: Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentando fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.









Nem sei como me expressar sobre esse filme...
Bom, não me lembro de ter visto os outros filmes de Mad Max, mas minha mãe linda que viu o filme comigo, me falou um pouco da história dos filmes antigos e teve a mesma opinião de Estrada da Fúria que eu.

O filme começa com Max sendo capturado pelos homens de Immortan Joe, que sabem que ele é um doador de sangue universal (O negativo né?) e o usam como bolsa de sangue para seus meninos de guerra feridos. Nisso, a Imperatriz Furiosa está saindo com um comboio para ir pegar gasolina na Cidade Gasolina ((?) não me lembro o nome gente). Temos relances de como Immortan Joe é asqueroso/feio/louco também. No meio do caminho, Furiosa faz um desvio e descobrimos que ela esta fugindo com um grupo de garotas pertencentes a Immortan Joe; ele também percebe isso e tem-se início uma caçada mortal, onde Max está no meio e acaba indo parar junto de Furiosa, ajudando-a.

O resto do filme é um bom punhado de corrida, perseguição, morte e ação. Tudo o que eu poderia querer né? Sim e não. 



O filme foi muito aclamado pela crítica e pelos fãs, recebeu as altas mais notas e os melhores comentários. Merece tudo isso? Merece sim. Eu daria nota 10? Nunca. 
O filme é totalmente sem história! É realmente uma pura perseguição. Temos alguns vislumbres do que aconteceu com Max, percebemos que ele perdeu sua família e se culpa por isso, a ponto de ter alucinações mas não sabemos quem é ele, de onde ele veio, o que aconteceu, porque raios ele ta ali. Não sabemos da onde surgiu o Immortan Joe e como ele assumiu o poder dessa maneira. Ficamos sabendo através de algumas falas de como a Furiosa se tornou a principal Imperatriz daquele lugar mas não conhecemos ela a fundo nem nada. O filme todo é Furiosa/Max/meninas fugindo do Immortan Joe e de uns caras de umas cidades vizinhas que resolveram acompanhar a perseguição pra ter um pouquinho de emoção na vida. Eu amo ação, violência, corrida e tudo mais, mas se não tiver uma história por trás, não me interessa muito. 

Fora aquelas coisas impossíveis de acontecer e que acontecem e que você fica se perguntando como caralhos eles tiveram a coragem de colocar isso num filme. Sim, EU SEI que é só um filme e um filme totalmente inventado mas não custa nada ter um pouco de lógica nos acontecimentos.

A interpretação de todos os atores foi ótima, de verdade. Os efeitos especiais, as cenas, é tudo perfeito. Pra quem gosta de pura adrenalina, esse filme é espetacular mas se você é como eu e gosta de uma história por trás de tudo, esse filme deixa muito a desejar. 

Só espero que as notícias sejam verdadeiras e que o diretor faça mais os três filmes contando a história do Max e da Furiosa como ele planeja mesmo. 




P.S.: O que foi aquela porra daquele filho da puta de guitarrista? Pra que, pra queeeeee um carro só pra um monte de caixa de som e um guitarrista totalmente louco soltando fogo da guitarra? Eu sei que toda guerra tem sempre uns soldadinhos que ficam com uns tambores mas gente, que porra foi aquela? Nossa, aquele guitarrista me irritou EXTREMAMENTE. Sério. Morte ao guitarrista de Mad Max. 

P.S. 2: Aquela parte onde eles passam por um lamaçal cheio de corvos, o que caralhos eram aquelas pessoas se vestindo de corvos e andando em pernas de pau ? O_O gente, fiquei com medo.

P.S. 3: nada faz sentido. 


5 comentários:

  1. Eu tenho um pôster desse filme, mas nunca o assisti, tipo (?)(?)(?). Apesar disso, eu tenho bastante interesse em assisti-lo, porque além de ser bem intenso, por conta da ação e das mortes que contém no filme, vi muitas pessoas falando bem desse filme. É a primeira resenha que eu vejo do filme, e isso fez com que minha vontade de assisti-lo só crescesse!

    ResponderExcluir
  2. Nath!
    Assisti os outros Mad Max, mais pelo protagonista, porque gosto demais.
    Esse não assisti ainda, mas sei que maridão vai querer assistir, então... consequentemente também irei...kkk
    “Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos.”(Antoine de Saint-Exupéry)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nath!

    Eu já assisti aos outros dois filmes desta franquia, foi mais por vontade do meu marido mesmo, pq tbm acho que os filmes não possuem muita história... Não que eu não goste de ação, gosto sim, mas neh? Explicar um pouquinho não custa nada! kkkkk
    Ainda não assisti esse, mas vou, só não sei qdo!

    Ótima resenha! Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Tem um site que sempre baixo filmes e séries, e logo que postaram o filme lá baixei pela grande quantidade de comentários que teve, o que não é comum. Mas sempre que apertava o play para assistir, simplesmente não conseguia me concentrar, e achei os personagens muito monstruosos, que não gosto. (Não me julgue)
    Mas acredito que fiz a escolha certa em não assistir depois que vi sua crítica, citando coisas que não fizeram sentido para você, e sei que não faria para mim.
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  5. Eu assisti os outros filmes e assisti esse também, em termos de ação esse filme é o melhor,mas eu ainda fico com a primeira versão com Mel Gibson novinho e Tina Turner, afinal sou da velha guarda kkkkk também concordo que aquele caminhão com o guitarrista não tinha lógica.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)