24/04/2017

Resenha: Caraval - Stephanie Garber

Título: Caraval: lembre-se é apenas um jogo
Caraval, volume 1
Autor (a): Stephanie Garber
Gênero: Fantasia, romance,
Editora: Novo Conceito
Ano: 2017
Páginas: 400
Compre: Amazon - Saraiva (Pré-venda, o livro será lançado em junho)
Sinopse: Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.
Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.
O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

17/04/2017

Resenha: O Advogado Rebelde - John Grisham

Título: O advogado rebelde
Autor: John Grisham
Gênero: Crime, romance policial
Editora: Rocco
Ano: 2016
Páginas: 400
Compre: Amazon - Saraiva - Submarino
Sinopse: Na lista dos mais vendidos do The New York Times desde o lançamento nos EUA, em outubro de 2015, O advogado rebelde apresenta um dos mais ousados protagonistas do mestre dos thrillers de tribunal John Grisham. Sebastian Rudd é o advogado rebelde da trama. Seu escritório é uma van blindada, seu motorista anda fortemente armado e seus clientes são pessoas das quais a maioria dos advogados prefere manter distância, como um jovem viciado acusado de participar de um culto satânico e molestar e matar duas crianças pequenas. Mas Sebastian Rudd acredita que todos merecem um julgamento justo, ainda que ele tenha que trapacear para fazer justiça. Em sua melhor forma, Grisham constrói um suspense eletrizante e não se furta a criticar o sistema judiciário e as grandes corporações neste novo romance.


Resenha postada originalmente no blog Estilhaçando Livros

14/04/2017

Vamos falar sobre os 13 porquês?


Olá você! Antes de começarmos já aviso que o post não contém spoilers além de citar os temas tratados na série. Mas se você é uma pessoa que não pode ouvir falar o nome da série ou livro que já tapa os ouvidos e começa a cantarolar com medo de que falem alguma coisa, por favor se retire. Obrigada.

12/04/2017

Resenha: O menino do pijama listrado - John Boyne

Título: O menino do pijama listrado
Autor: John Boyne
Gênero: Romance, literatura estrangeira
Editora: Seguinte
Ano: 2007
Páginas: 190
Compre: Amazon - Saraiva - Submarino
Sinopse: Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.
Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

07/04/2017

Caixinha do correio: Março/17


Hello, hello, hello!
Cheguei pra mais uma caixinha de correio! Março foi um mês legal no quesito receber livros (mas não no quesito ler livros, triste) e vim mostrar pra vocês tudo o que chegou. E já aviso aos navegantes que ficaremos sem os famigerados vídeos de caixinha do correio por um bom tempo ainda, não estou tendo tempo pra isso :/