12/02/2016

Entrevista: autora Katerine Grinaldi


Oi gente! 
A entrevista de hoje é com a Katerine Grinaldi, autora da Saga A Herdeira e da série Prioridade, que teve o primeiro livro resenhado aqui no blog. 

1- A pergunta de sempre e que nunca sai de moda: como você decidiu se tornar escritora?

Digamos que não tenha sido bem uma decisão. Eu sinto muita falta de escrever, então, acho que eu não poderia deixar de fazê-lo. Sério, eu fico muito chata quando não escrevo ao menos uma página. Acho que ler muito fez com que eu quisesse ser escritora. Sei que isso não é um bom motivo, mas funcionou da seguinte forma: eu gostava muito da emoção que alguns livros me traziam, gostava de me ver envolvida com aquela história, e eu tinha as minhas próprias histórias e queria contá-las, queria causar nos outros os mesmos sentimentos que causavam em mim. Esta é uma pergunta muito difícil porque escrevo desde os doze e é meio difícil lembrar exatamente qual foi o gatilho. 

2 - De onde surgiu a ideia para a Saga A Herdeira e para a Série Prioridade?

Eu ia responder essa pergunta na anterior. A Saga A Herdeira começou lá atrás, logo após rever o filme Abracadabra. Eu a-do-ro bruxas! Então, por que não ter meu próprio livro de bruxas??? Queria algo contemporâneo, um lugar em que as bruxas não fossem ruins. Por que elas sempre tem que ser más? Isso me chateava. Mas a ideia central não surgiu de algum lugar específico, foi mais inspiração mesmo. Eu sempre fico me perguntando: o que devo fazer para deixar os leitores surpresos? E a partir daí eu vou.
Já a Série Prioridade surgiu da realidade. Calma! Os fatos não são reais, apenas um acontecimento logo no início do livro. Aquilo aconteceu comigo e me irritou tanto, tanto - eu não suporto pessoas metidas - que virou um livro. Enquanto estava no ônibus, a ideia foi se alinhando e a mensagem que eu queria passar estava lá. 


3- Minha Prioridade é um livro independente e a Saga A Herdeira teve uma edição publicada pela editora Tribo das Letras. Quais as vantagens e desvantagens que você nota em cada situação? Publicar independentemente é muito difícil?

A Saga está novamente independente. Publicar independentemente é muito difícil porque o autor precisa fazer muita divulgação - e eu, particularmente, sou péssima nisso -, precisa estar sempre procurando grupos onde será mais fácil divulgar seu livro... Então, além de escrever, você passa a respirar divulgação e isso é bem difícil porque escritores querem escrever. Pelo menos eu penso assim e, por isso, deixo muitas vezes de divulgar porque estou focada na continuação da Saga ou em uma nova ideia. Eu amo escrever e odeio divulgar... rs
A vantagem de uma editora, então, é justamente essa. A editora já tem todo um marketing, tem relacionamento com pessoas que fazem eventos, possui um número já de seguidores e o seu trabalho acaba chegando em mais pessoas. Além disso, a editora já oferece serviços necessários como capa, diagramação e a tiragem do livro, coisas que sendo independente saem muito, muito mais caras. 

4 - A Herdeira foi lançada numa edição lindíssima e é o seu livro do momento. Como esta sendo essa experiencia para você?

Muito obrigada, Nath! Eu também amei essa edição. A Herdeira foi meu primeiro livro e só de ouvir qualquer elogio sobre ela eu já fico arrepiada e emocionada. É uma experiência única para mim ter contato com os leitores, ouvi-los pedindo o próximo volume, é o prêmio que eu recebo por ter me dedicado a um sonho, por ter me dedicado àqueles personagens. É um sonho saber que A Herdeira já está na estante de alguns leitores <3 

5- Entre suas criações, qual seu personagem preferido? Você se baseia em pessoas reais para montar seus personagens?

Bem... Pergunta complicada, Nath! rs A Herdeira tem um triângulo amoroso e um dos meus personagens preferidos é um dos dois rapazes, por isso, eu não posso revelar, mas ele não é o único, apesar de ser o meu TOP dos TOPS. A Kate, protagonista da Herdeira, com certeza, é uma das minhas personagens preferidas porque gosto das coisas que ela pensa, gosto das atitudes que ela toma. A Kate não é como aquelas mocinhas que vemos por aí, que ficam arranjando vários motivos para não ficar com um carinha, eu, sinceramente, não gosto dessas enrolações, e a Kate pode até não decidir até o terceiro livro, mas ela faz algumas coisas que me surpreendem até lá. A Jane, também da Herdeira, porque ela é hilária, porque fala as coisas sem pensar, porque eu me divirto quando escrevo cenas com ela. Em Minha Prioridade, meu personagem preferido é o Vincent pelos dramas que ele vive, porque mesmo assim continua sendo um cara de caráter. Admiro isso nele. 

E eu me baseio em pessoas reais. Pego alguns pontos que julgo interessantes em uma pessoa, pontos irritantes e tenho um personagem. Inclusive, personagens secundários e chatos são baseados em pessoas reais. rs


6- A Herdeira é uma fantasia e Minha Prioridade um jovem adulto com um pouco de suspense. Você já pensou em se aventurar a escrever outros gêneros?

Acho que não. Todos os projetos que tenho aqui guardados são de suspense, com um toque policial, ou de fantasia. 

7- Normalmente quem escreve também lê. Você tem um autor e um livro preferido?

Sim, claro. Minhas autoras favoritas são: Agatha Christie e Meg Cabot. Meus livros preferidos são: A noite das bruxas/ Um Passe de Mágica (ambos da Agatha), Série A Mediadora, da Meg, Saga do Tigre, Cinquenta Tons de Cinza e a Saga Lux. 

8- Quando você decidiu publicar suas obras, o que você tinha em mente, o que esperava alcançar?

Leitores. Eu ficava ansiosa para ter um comentário, para saber o que estavam achando da minha história. O que eu mais quero é ver mais e mais pessoas lendo os meus livros, conhecendo meus personagens e sentindo as mensagens que eles têm para passar. E que chorem um pouquinho quando um deles morre. rs

9 - Quais seus projetos futuros, podemos esperar novos livros?

Estou finalizando o volume 3 da Saga A Herdeira e tenho dois projetos de suspense-policial engavetados, um mais romântico e outro bem menos. 

10- Deixe um recado para os leitores do blog!

Espero que tenham gostado da entrevista <3 Amei as perguntas da Nath porque eu adoro falar sobre os meus livros. Agradeço, tanto ao blog quanto a quem está lendo, pela oportunidade de mostrar o meu trabalho, de mostrar um pouquinho do meu sonho. 
Espero que se encantem com os meus livros tanto quanto eu me encanto em escrevê-los. E que nunca desistam de fazer aquilo que amam por mais difícil que seja o caminho, porque quando a gente ama o que faz todas as pedras no caminho são pequenas e todas as rosas são cheirosas. 


Espero que vocês tenham gostado de conhecer a Kate, ela é uma pessoa suuuuuuper simpática e adoro tê-la como parceria aqui do blog. Vocês podem encontrá-la na página do livro, Saga A Herdeira e em breve trago a resenha dele pra vocês!


38 comentários:

  1. Oi, Nath!
    Essa é a oportunidade perfeita para conhecer a autora e um pouco sobre seus livros.
    Nossa ela escreve desde cedo né, eu acho que muitos leitores também ficam imaginando
    histórias, eu quase sempre me imagino escrevendo sobre bullying já que é algo que eu vivi e ainda me incomoda um pouco, mas não tenho esse dom para escrever um livro,
    o legal é que a Katerine consegue transmitir para os leitores suas histórias.
    A saga A herdeira é sobre bruxas, ainnn adoro histórias de bruxas e realmente as bruxas podem ser boas, vou procurar conhecer essa saga.
    Muitos autores se queixam de que quando fazem um livro independente ele não consegue chegar até muitos leitores, alguns autores não sabem fazer uma divulgação de maneira que tenha um bom efeito e o que tenho percebido ultimamente é que tem muitos blogueiros irritados com spam feito por autores. Realmente deixar a divulgação a cargo de uma editora é quase sempre melhor, alcança mais leitores.
    Construir a personalidade de um personagem não deve ser nada fácil.
    Imagino como deve ser apreensivo quando um livro é lançado e o autor fica ansioso
    esperando o primeiro comentário.
    Gostei muito de conhecer um pouco dessa autora, ela gosta mesmo de fantasia que é meu gênero favorito.
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Liziane! Realmente eu me enquadro nesse grupo de autores que não sabem fazer uma divulgação de maneira eficiente... kkk Péssimo isso. :(
      Obrigada pelo comentário! Que bom que gosta de bruxas e fantasia! <3

      Excluir
  2. Primeiro de tudo A Saga do Tigre e Lux ♥ já amei a autora por isso!! Eu ainda não conhecia a autora nem seus livros, shame on me, mas gostei bastante da entrevista, princialmente quando ela diz que os personagens que ela esc rever tem base em pessoas reais inclusive os chatos hahah
    Ela começou a escrever cedo né? E eu aqui protelando em começar a escrever!!
    Ai deve ser difícil mesmo ser autor independente, noto pelos preços dos livros que quero e são realmente salgadinhos, a vida com editoras deve realmente ser mais fácil!!
    Espero que ela consiga muito sucesso e que os livros dela consiga alcançar muitos leitores!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  3. Olá, Nath.
    Não conhecia a autora, mas adorei a entrevista. Primeiro: ela coloca suspense nas obras. <3
    Segundo, já quero o livro A Herdeira. rs
    Ótima resenha, Nath. Você está arrasando nas perguntas.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3 Adoro suspense, que bom que gosta também :D :D :D
      Fico feliz que tenha se interessado pela Herdeira. Bjs

      Excluir
  4. Oi Nath!

    Menina... Eu me sentia bem como ela em relação à escrita: não conseguia ficar um dia sem escrever. Mas depois foi passando, não sei o porquê, agora escrevo só as resenhas mesmo. Eu adorooooooo o filme Abracadabra, fiquei com vontade de ler a série agora só por isso.

    Suponho que seja bastante difícil mesmo essa parte da divulgação, mas fico pensando o que vale mais a pena... Sei lá, às vezes penso que publicação independente exige muito mais, não só na divulgação, mas também na parte financeira mesmo. Nossa, eu li a saga A Mediadora quando eu tinha sei lá, uns quinze anos, e quase morri de tanto amor. Na verdade eu ainda não li a saga inteira, acho que parei no quarto volume, mas um dia vou continuar, em nome de Jesus. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Não sei o porquê, mas sempre pensei que o autor pensasse na sua realização antes de pensar no leitor quando publica um livro, sabe? Acho que seria assim comigo. Claro que os leitores são a maior porcentagem do gráfico, né, mas acho que importa bastante a gente gostar das coisas que escrevemos.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee! Abracadabra foi muito bom mesmo <3 Então, realmente é muito importante gostar das coisas que escrevemos, concordo com você, Ana Clara. :D Penso nos leitores porque a realização eu já tenho durante o processo da escrita... foi mais ou menos por aí que quis dizer. Termine A Mediadora, é muito bom mesmo e parece que vai lançar uma continuação em breve. Obrigada pelo comentário. Bjs

      Excluir
  5. Não conhecia a autora Katerine Grinaldi, nem seus livros, mas já fiquei interessada e pretendo ler.
    Adorei a entrevista.

    ResponderExcluir
  6. Oi Nathalia, eu não conhecia os livros e nem a escritora é sempre bom conhecer novos escritores achei a entrevista o máximo e adorei as resposta dela bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nath!

    Cara, como eu AMO a capa deste livro! Gente do céu! É muita perfeição! rsrsrsrsrs <3
    Não conhecia a autora, só li sua resenha do livro aqui no blog. Espero ter a oportunidade de lê-los algum dia!
    Parabéns pela resenha, adorei conhecer um pouco mais sobre a Katerine autora e pessoa!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo essa capa! Ficou tão relacionada a uma cena da história que não pude evitar me apaixonar <3 Meu capista (porque não troco ele) arrebentou :D :D
      Bjs

      Excluir
  8. Oii Naty! Não conhecia a escritora...poxa me encantei pelo livro, pela escritora...Que lindo! Vô qrer ler! Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Infelizmente eu não conhecia a autora, então obrigada pela entrevista. Saber um pouco mais dela e da escrita me cativou.
    As perguntas foram bem elaboradas, parabéns! Sempre tive a curiosidade em saber as vantagens e desvantagens em.ser independente, as vezes eu acredito que a primeira opção é muito melhor pq o autor não fica dependendo dos outros, nem sempre o trabalho da editora é bom né?
    Enfim, desejo sucesso para ela e espero de coração conseguir ler algo dela em breve!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, depender dos outros para algo tão importante na sua vida é péssimo :( Obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  10. Oie!
    Não conhecia a autora e nem suas obras e adorei conhecer.
    Achei muito bacana saber que se ela não escreve fica chata.
    E as inspirações para escrever seus livros.
    Acho muito bacana conhecer mais dos nossos autores.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Não conheço a escritora nem seus livros, mas amei a entrevista, espero em breve estar desfrutando da sua escrita, parabéns e muito sucesso.

    ResponderExcluir
  12. Oi Nath!

    A Kate é super simpática, como não querer ler os livros delas depois da entrevista? Tenho A Herdeira no app Kindle, quando teve uma promoção gratuita na Amazon dele, e saber que se trata de bruxas, um tema que amo demais, me deixou ainda mais animada para ler, preciso colocar minhas leituras digitais em dia e incluir A Herdeira na meta.

    O que mais gostei na entrevista, foi não apenas conhecer um pouco mais da Kat e dos livros dela, mas também de ver toda essa espontaneidade que ela tem e esse amor pelas histórias que cria, acho isso bem legal, além de que motiva o leitor a querer conhecer os livros. É bem complicado esse negócio de publicação independente e com uma editora, acho que os dois tem seus lados bons, mas se o autor for criativo, dá para fazer uma divulgação legal e fazer o leitor se interessar, fora que as redes sociais ajudam bastante. Enfim, desejo boa sorte a autora, estou louca para ler A Herdeira, espero gostar!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sammysam, você ama bruxas, bate aqui! rs Obrigada. Seu comentário me deixou muito feliz. Espero que A Herdeira fure a fila, kkk
      <3 <3 <3

      Excluir
  13. Oiee ^^
    O trabalho mais difícil de um autor deve ser mesmo divulgar, vi isso com vários autores independentes que eu conheço, mas é bom que algumas editoras ajudem os autores nesse aspectos, nesse caso, os que conseguem publicar suas obras através de uma. Ainda não conhecia a autora, mas não curto muito histórias com bruxas e coisas do tipo, então não fiquei muito curiosa para ler os livros dela *-* Maaas... Fiquei curiosa para conhecer os personagens.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dryh! Obrigada pelo comentário <3 Que bom que ficou curiosa com meus personagens :D

      Excluir
  14. Helloo, Nath! Tudo numa nice?!
    Ah, eu não conhecia a autora, mas acho que já tinha visto por aí esse livro dela, A Herdeira. É bem verdade que os escritores no geral começam a escrever cedo e porque liam bastante quando eram crianças. Eu sou a anormal que fez o contrário. Eu tinha e tenho problemas para me concentrar e não lia muito na escola, só quando ia estudar para as provas. Mas agora eu estou despagando o tempo perdido eeheh.
    Eu não leio muito livro de bruxas, mas quando tem um contexto histórico massa e aquele cenário antigo eu curto mais do que os modernos. Sou viciada em História Geral! *-*
    É verdade quanto essa coisa de independente. Eu gosto muito de escrever e faço isso bastante, todo mês eu tenho um novo projeto. Sou bem tímida e tenho vergonha, então não sou boa em divulgar, no lançamento do meu primeiro livro, no ano passado, minhas irmãs que fizeram esse papel ahah.
    A autora parece ser simpática sim e as suas perguntas bem como as respostas dela foram ótimas.
    Dos livros que a autora citou eu só tenho vontade de ler algum da Agatha porque um tio meu me indicou, eu não conheço a escrita dela, eu sou a anormal que nunca leu nada da mulher ehehe, mas eu conheço um pouco da história dela, gosto de ler a biografia de autores famosos assim para conhecê-los e entendê-los e eu gosto da autora.
    Enfim, faça boa leitura..
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee, Alana! (Tenho uma personagem com seu nome no meu novo livro... kkk) Então, A Herdeira não tem esse contexto histórico não, passo muito de leve pela questão de caça às bruxas, mas bem de leve mesmo, então, acho que vc não vai curtir :(
      Você não é anormal. Minha melhor amiga também não leu Agatha Christie ainda. Mas vocês estão perdendo porque a mulher era a rainha das rainhas em escrita. Top... rs
      Obrigada pelo comentário <3 Bjs

      Excluir
  15. Que legal a entrevista, sempre bom saber mais sobre novos escritores

    ResponderExcluir
  16. Nath, eu geralmenite não gosto de entrevistas pois elas raramente seguem um rumo diferente, normalmente são as mesma perguntas e as repostas quase as mesmas. Mas lendo a entrevista da Katerine vi que nem sempre precisa ser assim, vc fez perguntas muito bem fundamentadas e ela não respondeu com clichês. Gotei principalmente da comparação entre pubicar independente ou por uma editora, entra naquele assunto que discutimos outro dia sobre Marketing no grupo, lembra?? Enfim, adorei a entrevista, vou dar uma proucrada nas sinopses para onhecer melhor os livros, quem sabe eles me interessam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhulll! Que bom que não fui clichê! <3 Obrigada por ter lido a entrevista. Bjs

      Excluir
  17. As perguntas e as respostas foram ótimas e deixaram a postagem divertida e muito gostosa de ler! Amei a entrevista e procurarei conhecer mais da autora e de suas obras. Desejo muito sucesso! Abraços ^^

    ResponderExcluir
  18. Não conheço os livros da Katerine ainda, mas já vi que vou gostar dela. Uma fofa em pessoa, que ela continue publicando muitos e muitos livros!

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito da entrevista. Não acredito que não conhecia nem esses livros nem a autora! Preciso ler esses livros, parecem ser ótimos! Gosto muito de livros de fantasia e de suspense. O fato de A Herdeira ter uma protagonista com essa personalidade me chama a atenção.

    ResponderExcluir
  20. Já tinha conhecido a autora pelo livro A Herdeira, que eu ainda não li mas tenho muita curiosidade! Também sou apaixonada por fantasia (bruxas <3) e suspense policial, então já posso dizer que essa vai ser uma das autoras que eu mais vou curtir conhecer o trabalho. Escrevo desde muito nova também, super me identifiquei com essa parte da entrevista. Desejo todo o sucesso e leitores do mundo a ela!

    ResponderExcluir
  21. Ainda não conhecia a escritora, mas gostei bastante da entrevista. E apesar de não ler muitos livros de fantasia, adorei a premissa de A Herdeira e já entrou pra listinha. Sem falar na capa do livro que está lindíssima. beijos!

    P.S. E a autora recomendando a série lux, só meu vontade de lê-los!!!

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Ainda não conhecia o livro, mas achei A Herdeira bem interessante me deixando curiosa para ler e gosto muito das entrevista pois é lembre bom ver o olhar do autor sobre o livro e pode conhecer as historias por trás da sua escrita !!

    ResponderExcluir
  23. Oi!

    Eu não conhecia a autora ainda, mas parece ser bem legal!!
    Eu só me decepciono um pouco quando uma autora de um livro sobre bruxas não cita Maion Zimmer Bradley como uma das autoras favoritas :(

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)