11/07/2016

Resenha: Os Bons Segredos - Sarah Dessen

Título: Os bons segredos
Autor: Sarah Dessen
Editora: Seguinte
Ano: 2015
Páginas: 408
Sinopse: Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos. Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho. 



Sydney é a irmã mais nova de Peyton e sempre se viu na sombra do irmão. Peyton é o primogênito pra quem vai toda atenção e dedicação dos pais até que um dia ele começa a aprontar. Fumar maconha, beber até cair bêbado, invadir casas... As infrações só aumentam e pioram conforme o tempo passa mas mesmo assim, mesmo Peyton estando errado, Sydney continua invisível para todo mundo. Não importa de qual maneira, é sempre Peyton quem vai chamar a atenção. Até o dia em que ele pega o carro bêbado e atropela um garoto, deixando-o paraplégico. A vida da família muda drasticamente e mesmo com Peyton sendo mandado para a prisão, os esforços e atenção dos pais continuam voltados para ele. A família ganha uma exposição que ninguém quer para si e mesmo assim, Sydney ainda é invisível, ainda não sabe onde se encaixar. Sendo assim, ela resolve mudar de escola e sai de uma prestigiada e cara instituição para uma pública. Ninguém entende o porquê da mudança mas ela vai mesmo assim. Lá, ela definitivamente será invisível, pois não conhece ninguém. Depois de um dia de aula, ela para numa pizzaria, a Seaside, para fazer hora antes de voltar para casa e nisso, conhece os Chatham, uma família totalmente diferente da sua, composta pelos Sr. e Sra. Chatham, Mac, Layla e Rosie. Layla rapidamente engata uma amizade com Sydney, mesmo que ela não entenda muito bem porque a garota está fazendo isso. A amizade com os Chatham é uma mudança bem vinda na vida de Syndey, ela passa finalmente a ser visível para alguém e isso a transforma.


O que falar desse livro além de agradecer a autora por escrever uma história tão boa? 
Logo nas primeiras páginas eu me apeguei ao livro, fiquei curiosa com a história e o que aconteceria na vida de Sydney. A escrita da autora ajudou muito nesse quesito. O livro é narrado em primeira pessoa e escrito de uma forma fluída, que te prende a ponto de você nem ver as horas passando.
Estava acostumada a ser invisível. As pessoas raramente me viam e, se viam, nunca me olhavam de perto. Eu não era radiante e encantadora como meu irmão, linda e graciosa como a minha mãe, ou inteligente e dinâmica como minhas amigas. Mas essa é a questão. Você sempre acha que quer ser notada. Até ser notada.

Tudo é muito bem montado, muito bem encaixado. Fiquei encantada em como essa história é tão crua, tão real. Ela poderia muito bem acontecer de verdade, isso se já não aconteceu por aí. Não tem nada de fantástico, nada de impossível. É simplesmente a retratação de uma vida, de um cotidiano. E é tão bom! Ouso dizer que é o melhor YA que já li e que ocupará este cargo por muito tempo. Sarah Dessen nos traz a carga certa de drama, nos faz refletir sobre as coisas mais simples da vida. A história é impactante e os sentimentos, conflitantes. 

Me identifiquei muito com a Sydney, não por viver uma situação parecida, mas sim por seus sentimentos e pensamentos. Mesmo com tão pouca idade ela passa por um momento difícil onde não sabe seu lugar no mundo. Sim, isso é típico da idade, mas no caso de Sydney esses sentimentos não são causados só pela adolescência e sim por tudo ao seu redor. 
Sua mãe só se importa com o irmão, só vê o lado dele. Seu pai, não tem voz ativa nas decisões. Sydney não é enxergada por seus próprios progenitores e isso mexe com a cabeça de alguém. 

Os personagens são extremos. Por todo o livro senti uma antipatia pela mãe de Sydney, chegando ao ódio em certos momentos. Já os irmãos Layla e Mac, eu amei. O sentimento de amizade que ela tem com Sydney é lindo, é simples. É uma amizade que não cobra nada e que apenas acrescenta. Mac também nutre um sentimento forte e está sempre presente, fazendo o papel de proteção que elas necessitam. A responsabilidade deles com sua família e com o negócio dos Chatham e ainda mais, sua leveza no trato com as pessoas e com a vida, é de dar inveja. 

Os momentos de alegria de Sydney são luzes no meio de tudo, e seus momentos de tristeza e desespero nos dão uma aflição! Chegou um momento no livro em que eu só queria chorar de cansaço por aquela situação, queria chorar porque eu não tinha mais forças pra aguentar tudo aquilo, queria chorar pelo descaso dos pais. Ainda bem que Sydney foi mais forte do que eu. 

Esse foi um livro que eu li tão sem expectativas, sem saber o que esperar e me surpreendeu tanto! Eu adorei isso e adorei o mix de sentimentos que ficou dentro de mim após o término da leitura. Recomendo que todos leiam esse livro! 

A Sydney não é invisível pra mim e nunca será. 


10 comentários:

  1. Oi Nath!

    Eu tbm não daria nada para este livro. A Capa não me chama a atenção e acredite: nunca parei nem para ler a sinopse.... enfim! kkkkk Adorei sua resenha e acredito que tbm ficaria encantada pela história! Vi que vai sair outro livro da autora em breve, espero ter a chance de lê-los!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Olá, Nat. Eu já li também uma resenha elogiando muito o livro e agora fiquei com mais vontade ainda de ler o livro. Eu também fico muito triste quando vejo pais que negligenciam os filhos e sempre acabo odiando o tal personagem. Já anotei o nome para ler depois! Bjs
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  3. Oi Nathalia.

    É tão bom quando começa uma leitura sem nenhuma expectativa e a história consegue surpreender totalmente. Conhecendo um pouco do enredo pela sua resenha, com certeza é uma história que gostaria de acompanhar.Fiquei com vontade de ler e espero conseguir a chance de lê-lo em breve.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi Nathalia!
    Estou louca pra ler esse livro! Algumas amigas já leram e me recomendaram como leitura obrigatória! rsrsrs Todos os comentários que li a respeito, dizem que o livro é surpreendente, que envolve o leitor do inicio ao fim. Sua resenha ficou linda e me deixou com mais vontade ainda de ler esse livro! BJ
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii Nathalia, como vai?
    Confesso que achei a capa bem sem graça mesmo, e dessa maneira diante da sua resenha realizarei a leitura da obra, fico sempre chateada com essas histórias que tem sobre os irmãos serem diferentes e um ser mais valorizado que o outro. Parabéns pela resenha, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Nath!

    Já comecei a leitura e estou ansiosa, além de boas expectativas, curti a escrita da autora e sério já destei o Peyton e a mãe, acredito que deve sim existir situações como as retratadas no livro. Enfim torço muito para curtir o livro e me emocionar!

    ResponderExcluir
  7. Essa autora é tudo né? Foi o primeiro livro que eu li dela e amei cada palavra. História muito linda, personagens cativantes, e o relacionamento de Sydney com a família dos amigos era demais! Gostei muito da história, e estou louca para ler o novo livro dela! ♥
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Nat, tudo bem? Já li inúmeras resenhas desse livro e todas foram positivas. Como você mesma falou, nao é um livro fantasioso e eu gosto muito de histórias que podem ou são reais. Acho que vou me emocinonar bastante com a história da Sydney, parece ser muito sofrida a relação dela com os pais. Tenho certeza que vou odia-Los por negligenciar a própria filha mas vou ler sim, com certeza. Dica anotada!bjosssss

    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Nat, tudo bem? Já li inúmeras resenhas desse livro e todas foram positivas. Como você mesma falou, nao é um livro fantasioso e eu gosto muito de histórias que podem ou são reais. Acho que vou me emocinonar bastante com a história da Sydney, parece ser muito sofrida a relação dela com os pais. Tenho certeza que vou odia-Los por negligenciar a própria filha mas vou ler sim, com certeza. Dica anotada!bjosssss

    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie, Naty! Eu já vi esse livro por aí, mas nunca me interessei muito, pois estou meio saturada de YAs. Mas se a história é assim como explicou, eu quero lê-la quando melhorar meu animo para esse gênero.
    A Sydney parece ser bem forte mesmo, não sei como reagiria a uma situação como a dela.
    Beijinhos
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)