13/03/2017

Ninguém te perguntou: Cade sua auto estima blogueiro?


O.I.E.E.E.E.
Cheguei toda trabalhada na inspiração e amor próprio pra conversar com vocês.


No nosso querido bate papo de hoje quero me dirigir diretamente aos blogueiros literários que se inscrevem nas seleções de parceria com as editoras. Quero fazer uma (aliás, mais de uma, mas a frase ficava mais bonita assim) pergunta pra vocês: vocês tem auto estima? Vocês tem amor próprio? Vocês se acham bons? Vocês gostam do próprio trabalho? Se a resposta pra essas perguntas for não, ok, entendi tudo e vamos conversar logo a frente. Mas se a resposta for sim, você ta mentindo, tem alguma coisa errada porque não é possible.

Por que eu perguntei tudo isso? Pois eu te digo. Você já acompanhou o dia de resultado das seleções de parceria com editoras grandes? É UM CAOS. Gente brigando, gente xingando, gente chorando e gente se lamentando. Isso falando das pessoas que não passaram é claro. As que passaram soltam fogos.
E tem sempre uma parcela dos blogueiros que não passam que caem na besteira de postar por aí que não vão mais continuar blogando porque nunca são selecionados pelas editoras, e não são bons, não são reconhecidos e bláblábláblá.
GENTE PARA COM ISSO, PELO AMOR DE YAHWEH (se você não sabe quem é esse, leia os livros do Eduardo Spohr).



Vocês tão nessa só pra ter parceria com editora ou porque gostam da coisa? Vocês acham mesmo que reconhecimento é passar numa seleção que muitas vezes é duvidosa e que todo mundo sabe que rola preferência e clubismo? Vocês tão muito Alices, vamos acordar.

É claro que é MARAVILHOSO passar numa seleção de editora, você se sente no céu quando você realmente desejava aquela parceria. Eu mesma me inscrevo em todas as grandes e como podem perceber, não passo UAHSASH E nas que passei, torço todos os dias pra nunca perder porque as amo, mas isso não vem ao caso. É muito bom ser selecionado mas isso não é padrão de qualidade não. Se você é bom ou não, depende de você e não da editora. Se você NECESSITA das parcerias pra poder blogar e sem elas não consegue continuar nesse mundo, tem alguma coisa muito errada.

E vou falar a verdade. Sabe o que acontece quando vocês postam essas lamúrias sem fim? A gente fica revirando os olhos. Textinhos assim não dão pena não gente, dão asco. Ficar se fazendo de vitima quando não é necessário é um porre danado, a vontade que dá é de dar uma sacudida na pessoa pra ver se cai na real.



Se ame mais, se valorize mais! Abre seu blog aí e fala bem alto EU SOU FODA PRA CARALHO, OLHA ESSA RESENHA, PUTA QUE O PARIU, QUE RESENHA MARAVILHOSA. EU LACRO COMO BLOGUEIRO. Repita esse mantra todos os dias ao acordar.
Sério, se todo blogueiro se valorizasse (e lembrando que se valorizar é diferente de achar que é o dono da porra toda, melhor que todo mundo) as coisas seriam diferentes. Ter milhares de seguidores, milhões de visualizações, dezenas de comentários é ótimo, mas se você não tem, valoriza aquela meia dúzia que tá la te acompanhando religiosamente. Todo blogueiro tem alguém que o lê, mesmo que anonimamente e é pra essa pessoa (e pra você mesmo) que você tem que blogar. O tão dito sucesso vem com o tempo e com o merecimento.

Não se venda, não seja uma coisa que você não é só por causa de parcerias. Você é melhor do que isso. Continue tentando sempre e se receber um não, é bola pra frente, o próximo ano ta logo aí.
Parem com o muro das lamentações que só ta fazendo vocês passarem vergonha. Reconhecimento é ter alguém que te acompanhe e goste do seu trabalho, não é só passar em seleção não.

E repita comigo: EU SOU FODA PRA CARALHO, OLHA ESSA RESENHA, PUTA QUE O PARIU, QUE RESENHA MARAVILHOSA. EU LACRO COMO BLOGUEIRO.


5 comentários:

  1. Oi, Nathalia!
    Mirmã, eu adorei seu post! Gente, é muita vergonha alheia essa galera que fica reclamando que não passou em parceria. Eu até hoje só recebo um não atrás do outro e nem por isso fico choramingando por aí.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
  2. Oi Nath!

    Assunto bafonico rs. Bem já conversamos várias vezes sobre isso e infelizmente muitos blogueiros estão com essa autoestima baixa, é a única conclusão que eu chego, pois tudo tem que depender da editora, se não consegue é choro atrás de choro, vou deletar meu blog, cansa demais esse tipo de coisa, o que falta é a pessoa se valorizar, colocar na cabeça que é a editora que precisa do blogueiro e não ao contrários, ficar se lamentando por isso, fazendo esse mimimi é que é chato, ficar chateado por não ter passado beleza, mas para quê fazer disto uma tempestade em um copo d'água é isso que incomoda e também pega mal para todos. Enfim, ótima colocação no Ninguém te perguntou, espero que sirva de toque para certos "blogueiros".

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  3. Um dos posts mais aguardados do mês é esse haha.
    Vejo tantos blogueiros se lamentando porque não conseguiram tal parceria, e com isso ficam se martirizando ou ficam massacrando a editora, gente, para que ta feio!
    Creio que se você fez um blog e começou a resenhar não teve nenhuma editora que te incentivou à isso, você começou por prazer, e agora fica com essa "palha assada" de que vai parar com tudo por causa de uma parceria não conseguida? Se poupe e nos poupe, como a Nath disse, SEJA FODA! Não é uma parceria a mais ou a menos que irá determinar se o blog é bom ou não, são as resenhas e a interação com os leitores, isso sim faz com que cada leitor volte ao seu blog e comente em cada post.
    Muitas pessoas precisam aprender com você, Nath, sobre como ser blogueirinha. E concordo, sempre tem blogs com preferências, sem or.

    ResponderExcluir
  4. Mas essa Nath é lacradora mesmo viu. Disse tudo. Bom, vou ter que confessar aqui que no início eu ficava me perguntando o que o blog tinha de errado, o que eu estava fazendo de errado, mas com o tempo eu cansei de basear meu trabalho com o blog em sim e nãos. Mas uma coisa que eu sempre tive foi confiança no que eu faço, pelo menos com o blog, modestamente (cof cof cof) sempre achei que escrevo bem e que melhorei ainda mais com o tempo, as vezes queria ser mais criativa para criar postagens diversificadas, mas isso também não tira mais minha paciência, só me deixa frustrada mesmo. Bom Natizilda, adorei o post! Quero ser como você qdo crescer

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto! Prefiro não trabalhar com parcerias de editoras, é uma escolha que fiz logo quando comecei o blog. A gente não se valoriza, acho um absurdo algumas coisas que as parcerias impõem, não concordo com a postura das editoras. Tenho também um blog em inglês, e creio que a grande maioria dos gringos também não concordariam com essa prática!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)