01/03/2017

Resenha: O Par Perfeito - Nora Roberts

Título: O Par Perfeito
Trilogia A Pousada, volume 3.
Autor(a): Nora Roberts
Gênero: Romance
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 320
Compre: Amazon - Saraiva - Submarino
Sinopse: Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.
Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.
Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?
No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

E chegamos ao fim de mais uma série! E o coraçãozinho fica apertado cada vez que uma história assim acaba. O Par Perfeito é um último livro da trilogia A Pousada e conta o romance do único irmão que falta: Ryder Montgomery. 

A pousada está a todo vapor em seu funcionamento e encantando seus hóspedes. Os irmãos trabalham como louco para terminar o restaurante, a academia, a confeitaria. Parece que as construções nunca acabam, já que a mãe dos meninos tem sempre novas ideias. 
Ryder é o mais durão dos irmãos, sendo muitas vezes bem grosso, inclusive com a gerente do hotel, Hope. A inimizade dos dois é bem aparente pra qualquer um ver, mas também aparente é a tensão sexual que os dois causam quando estão juntos no mesmo ambiente. É difícil não notar as faíscas de ódio e amor surgindo no ar. 
A história dessa vez se concentra nos dois e nos dá mais informações sobre Hope e seu passado na cidade grande - passado esse que vem a assombrar em Boonsboro, fazendo com que ela e Ryder se aproximem mais. 
A busca pelo passado da fantasma Lizzie avança cada vez mais e também parece colaborar para o casal da vez. 
Vamos acompanhar um romance cheio de personalidade e sinceridade como nunca visto nessa cidade.


O Par Perfeito era o livro que eu estava mais ansiosa para ler justamente pelo casal. Fica claro desde o primeiro livro como será a disposição dos irmãos e de suas parceiras, então não tem nada de surpreendente na formação de cada um deles, mas é gostoso de ver como eles interagem, como lutam contra o amor e no final se entregam. Esse é o livro em que há mais luta e relutância, já que Ryder é o típico cara do "pega e não se apega" e Hope ainda é uma mulher fragilizada pelo que aconteceu no passado e está fechada para novos casos. 
As briguinhas e implicâncias dos dois não são irritantes, só deixam cada vez mais claro o sentimento. A guerrinha logo dá lugar a um relacionamento leve, sincero e amigável, que assim como nos outros livros, dá gosto de ver. 

Todos os personagens continuam bem presentes e o funcionamento da cidade é sempre legal de se ver. Inaugurações estão quase sendo feitas, novas pessoas estão vindo ao mundo e a amizade e companheirismo de todos dá uma alegria lá no fundo. 
A autora não ficou enrolando e estendendo a "rivalidade" do casal até o final, como acontece em alguns livros, o que foi muito bom, já que quando uma coisa dessas é clara, irrita o casal ficar nesse vai e não vai. Nora soube trabalhar bem trazendo gente do passado de volta e usando do temperamento de Ryder durante todo o livro. 
Tanto Hope quanto Ryder são bons personagens de se acompanhar, decididos e confusos na medida certa. 

A edição da Arqueiro está simples e bem feita mais uma vez, mas confesso que prefiro as capas americanas. 

Nora Roberts termina com maestria mais uma história e deixa ao mesmo tempo o sentimento de dever cumprido e a saudade que fica dos personagens e de mais histórias sobre eles. É o tipo de trilogia que me faz querer fazer parte de tudo. 


10 comentários:

  1. Eu simplesmente amo o pior irmão rsrs
    Aquele que durão que não quer amar de jeito nenhum kkk Amo a Nora e quero muito ler a série e conhecer o Ryder. Espero que Hope seja cheia de personalidade para combinar com ele

    ResponderExcluir
  2. Estou louca para ler a coleção de tanto ler as resenhas já quero entrar no meio da historia e tentar deixar um final sempre mais divertido, infelizmente ainda não li nenhuma obra da autora então não sei como é o final de seus livros espero gostar porque achei a coleção esplendida e logo quero comprar e ler.

    ResponderExcluir
  3. Concordo está trilogia é muito gostosa de ler, adorei os três livros, da uma vontade de morar naquela pequena cidade,achei as capas lindas e fiquei curiosa para ver as capas americanas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Nath, o que eu percebo nos livros da Nora é que são sempre grupo de amigos ou em família, onde em cada livro conta a história de um dos personagens, e por mais que tem isso em todas as séries/trilogias dela não fica cansativo ou repetitivo.
    E eu estou doida para poder ler "A Pousada" completa, achei todos os livros tão interessante, e mais interessante ainda é o Ryder kk. Quero saber qual será o desfecho da trilogia e do relacionamento entre a Hope e o Ryder.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nath!!
    Adoro os livros da Nora Roberts!! Sou muito fã dela!! Mas infelizmente ainda não li a Trilogia A Pousada!! Estou bem curiosa para descobrir os segredos desse lugar!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nath!
    Se bem me lembro da sua resenha do livro anterior, o casal do segundo livro tinha uma relação advinda de uma amizade antiga, certo? E agora, nesse terceiro, o típico clichê do 'odeiam-se, mas na verdade se amam", haha, muito legal. Clichê ou não, gosto dessas sacadas, por mais previsível que pareça e, novamente, volto a ficar instigada a ler essa trilogia, ainda que esses romances mais adultos da Nora não me atraiam muito de fato. Melhor você você citar que apesar das desavenças, o casal não fica nesse vai e vem à ponto de irritar o leitor, é realmente um ponto bem positivo a se ressaltar. E ainda mais no meio dessas construções e inaugurações deve render muitos cenários legais mesmo, também. Se não para agora - ou mesmo esse ano, rs -, mas, talvez, uma leitura para um dia no futuro, hehe. Sentimento gostoso esse de concluir uma trilogia gostando de todos os livros, nela? Espero gostar tanto quanto você quando, um dia, resolver ler. ^_^
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  7. Nat!
    Tão bom Quando uma série termina a contento e a Nora sempre termina suas séries de forma espetacular.
    E esse pega e não pega entre o Ryder e a Hope deve dr nos nervos, né?
    Menina! Que danado tem nesse cinto de ferramentas, hein?kkkkkkkkkkk
    E o fantasma da pousada, que fim teve?
    “Todos os homens, por natureza, desejam saber.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Oi Nathy, esse ano estou determinada a conhecer as obras de alguns autores que ainda não tive a chance de conhecer. A Nora Roberts está entre eles e de tanto ouvir elogios, acredito que vou gostar.
    Beijokas
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Oii
    fiquei curiosa e vou procurar as capas americanas para ver, pois eu até q gostei dessas hahaha
    e eu tbm não tenho muita paciência quando a rivalidade do casal é estendida até o final do livro.. acaba ficando uma enrolação só, já q vc já sabe q no final tudo se resolve e vai ficar bem rsrsrs

    ResponderExcluir
  10. Oi Nath!

    Eu tenho muita curiosidade em ler um romance da Nora. Os dois livros que li dela era mais romance e aventura sabe? E essa trilogia tem as capas mais lindas de todos os livros da Nora que ja vi!
    Gostei muito da sua resenha, vc é fã da autora, então nem conta muito... u.u kkkkk mas quem sabe um dia eu os leia e acabe gostando neh?

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)