03/03/2017

Resenha: A Perversa - Tarryn Fisher

Título: A Perversa
Série Amor & Mentiras, volume 2
Autor(a): Tarryn Fisher
Gênero: Romance
Editora: Faro Editorial
Ano: 216
Páginas: 256
Compre: Amazon - Saraiva - Submarino
Sinopse: Leah Smith finalmente vive um momento muito especial. Conquistou aquele que considera o “homem da sua vida”, mas não está completamente feliz.
Leah se sente insegura, como se fosse sempre a segunda opção e sua vida atual, como um castelo de cartas, pudesse desabar a qualquer momento...
E, mais do que sentir, ela sabe que Caleb nunca a olhou com aquele brilho especial que dirigia a Olivia. Então, se por um lado se sente vitoriosa, por outro, percebe quanto é desgastante e trabalhoso manter a sua conquista.
Agora, oficialmente casada com Caleb, ela vai até as últimas consequências para manter unidos os pedaços de uma vida construída por segredos, mentiras e trapaças. E, quem sabe, amor.
Mas não é assim que devemos fazer para lutar por quem amamos?

Se você ler a resenha que eu fiz do primeiro livro, A Oportunista, sabe que eu surtei completamente com a história. Continuo surtada, porém, essa resenha será mais calma, já que agora eu já conheço os personagens e sei que ninguém presta nessa história. Estar avisada disso conseguiu me manter mais calma durante a leitura de A Perversa, mas fiquei igualmente chocada.

Neste segundo livro, temos praticamente uma continuação da história se pensarmos em ordem cronológica, mas agora temos a visão de Leah, a ruiva esposa de Caleb. Vamos acompanhar como anda o casamento dos dois e numa alternância de passado e presente, saber um pouquinho sobre alguns acontecimentos do livro anterior mas agora pela visão da Leah. 

Sabemos que Leah conseguiu o que tanto almejava, ela conseguiu segurar Caleb, principalmente porque agora eles tem um bebê. Mas será que isso é o suficiente? Leah vai aguentar poucas e boas tendo a presença de Olívia ainda em suas vidas, mesmo que ela não esteja realmente presente com eles, ela é um fantasma que sempre ronda seu relacionamento estragando-o. E agora, com uma bebê, Leah sente mais ciumes ainda de Caleb e o vê indo embora...

A Perversa continua no ritmo frenético de "AI MEU DEUS NINGUÉM PRESTA NESSA MERDA". Como disse, meu choque com esse livro foi bem menor e foi também diferente. Por ter a visão da Leah e descobrir como foi sua vida desde a infância, acabei sentindo pena naquele nível em que a pessoa passa a te odiar por você sentir pena dela. Esse foi meu nível de pena da Leah rs
Ela é sim uma personagem muito louca e fez MUITA coisa errada em todos os sentidos possíveis, mas de todos, ela foi a que me pareceu mais humana e vulnerável.

Não me senti tão atraída por Leah quanto me senti pela Olívia, mas a ruiva não deixa a desejar como personagem principal e narradora. Caleb aparece menos e suas ações me pareceram bem fundamentadas. O final derruba uma bomba gigantesca e não vejo a hora de ler o próximo livro pra saber como eles vão agir depois do que foi revelado.

A escrita de Tarryn continua excepcional e é impossível largar o livro. O li numa tarde só. A edição da Faro Editorial é impecável como sempre, não tendo erros e o material do livro sendo da melhor qualidade.
Recomendo muito essa série pra quem quer sair da mesmice dos romances contemporâneos e dos personagens mocinhos/vilões.  



9 comentários:

  1. Nath, eu já havia lido várias resenhas anteriores desse livro e posso te dizer que desde o primeiro volume eu estou com ódio da Leah, sério, como você mesma disse: "ninguém presta nessa merda".
    Eu não sei como eu conseguiria aturar a Leah até o último livro. Porém, esse volume apresenta uma personagem principal fora da zona de conforto que muitos leitores estão acostumados a ler, e isso com certeza instigará vários leitores.
    Esses livros apresentam histórias bastante envolventes e curiosas, por mais rancor que eu tive na Leah na primeira impressão, com certeza leria a trilogia completa (e irei ler).

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nath!!
    Eu não li nenhum desses livros, e mesmo já tendo lido resenhas que gostam muito dessa trilogia em momento nenhum esses livros chamaram minha atenção!! Então no momento não leria nenhum dos livros!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Oii
    ainda não li o primeiro livro, então fiquei meio perdida sobre o que realmente é a história, sabe qndo você começa a assistir um filme na metade? mais ou menos isso.. mas fiquei curiosa e vou procurar saber mais sobre o primeiro livro ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá!!!
    Não li a respeito de nenhum dos dois livros mas me pareceu uma historia um pouco maluca fiquei bem confusa mas pelo que vejo muita coisa aconteceu no primeiro livro e muitos segredos para uma trilogia pareceu bem forte, apesar de ser meio lenta com livros assim eu até que gosto e acabo pegando o jeito.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nath!
    Um adendo antes do comentário propriamente dito: FALA SÉRIO QUE NINGUÉM PRESTA NESSA HISTÓRIA? Haha, gente, ri demais com detalhe tão grande, rsrs, mas realmente é legal fugir da mesmice e clichês e mocinhos e vilões para algo que é simplesmente mais humano - ainda que também tenha seus choques como você citou do primeiro livro, mas, enfim, rsrs. Fiquei meio por fora do enredo já que não o conheço realmente, não é bem uma leitura que me chame a atenção, mas, epa, um bebê no meio desses personagens tão disfuncionais? Tudo bem se eu sentir um pouco de pena da criança nesse caso? O.o Deve ser mesmo uma leitura bem intensa e, enfim, mais uma vez satisfatória para quem curte o estilo. Espero que o desfecho te cative ainda mais - e torcendo, inclusive, para que ao menos no fim os personagens prestem um pouco mais, rs. Ok, sem mais piadas sobre essa 'prestação'; mas, sério, ri demais com o quão intenso você deixou isso bem claro na resenha, hahaha.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi Nath!

    AIMEUDEUS! Ninguém presta nessa merda mesmo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Cara, adoro suas resenhas, sério, vc me mata de rir!

    Quero muito ler essa trilogia, a Geeh leu e adorou. Tem até um comentário dela na orelha de um dos livros.

    Parabéns pela resenha! bjo doida! ^^

    ResponderExcluir
  7. Acho que nunca li um livro que ninguém prestasse naquela merda kkk
    Gostei da resenha, mas saber que os personagens tem defeitos tãooo reais me desanimou um pouquinho

    ResponderExcluir
  8. Com certeza está trilogia é diferente de tudo que eu já li,todos tem seu lado ruim e achei até legal porque nem sempre somos totalmente bons,não gosto da Leah de jeito nenhum,time Olívia aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Nat!
    Nossa! O livro parece bem explosivo mesmo, tendo apenas vilões e mau caráter, acredito que só a bebezinha seja boa em toda essa história, um querendo derrubar o outro...
    Gosto podemos ter flashbacks do passado, misturados com os fatos presentes.
    Bom final de semana!!
    “Se sabemos exatamente o que vamos fazer, para quê fazê-lo?” (Pablo Picasso)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)